8 de fev de 2012

Morrerei de velho, tomara!

Sei que quem acompanha o blog deve estar perguntando pelos armários da cozinha. Eu sei! Eles já estão prontos, ficaram lindos e mandam abraços apertados... A questão é que a gente espera o ano novo para fazer um montão de coisas, vem o ano novo, as coisas ficam por fazer e aparecem outras e a gente estabelece umas prioridades meio caóticas... Daí que vem o final de semana e tudo o que a gente promete fazer no sábado e no domingo não se concretiza... Daí que vem a semana e eu já estou trabalhando um bocado... Daí que o carnaval está chegando e "o corpo todo estremesse, as pernas desobedecem... Inconscientemente a gente dança..."

Faltam, na cozinha, uma demão de tinta na porta de correr, colocar os puxadores da porta e tirar as fotos!!! Na área de serviço falta uma pedra para dar um acabamento em um dos armários... Prometo que em breve, mas sem data marcada...



Quero falar de uma coisa! Sim, eu sei que está parecendo início de música do Milton Nascimento, mas é isso mesmo, quero conversar sério. Eu sou neurótico, vocês já perceberam no último post e tal, mas o que ocorre é que tem um tempo que eu quero fazer um seguro do apê. Ah, sei lá, vai que pega fogo e eu fico sem ter pra onde ir enquanto reforma tudo ou fico sem ter dinheiro para reformar tudo como eu gosto?



Liguei para o corretor que faz o seguro do meu carro e ele fez umas cotações que me impressionaram muito. Achei que fosse caro igual ao seguro de automóvel. Não é! É até bem barato quando se pensa no benefício!

Então fica a dica: se você quer fazer o seguro do seu apartamento, não tenha medo! Eu fiz um seguro no valor do imóvel, contra incêndio, danos na parte elétrica e na parte hidráulica. Ainda me dei o luxo de adicionar o seguro contra furtos e roubos e o pagamento de aluguel, caso eu precise deixar o meu apê por 6 meses... O valor? Menos de 200 reais!!! Não pagam o meu sossego, com certeza...

6 comentários:

  1. Eu tenho aqui nesse ap e tb qdo me mudar vou fazer do outro tb...e só pra entrar no clima:
    ...prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha nào faz mal a ninguém! rsss
    Assim q puder, posto fotos aí, q a gente adora ver! Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, acho muito válido!
      Vou colocar sim, mas tô com falta de tempo...
      Bjs!

      Excluir
  2. Olá!! Não quero te desanimar. Em duas ocasiões fiz seguro : um do apto onde morava e outro da casa em que moro atualmente. Todas as vezes que precisei: parte hidráulica, elétrica, conserto de fechaduras e outros detalhes que não me lembro( e constavam do contrato) as atendentes deram tantas justificativas e exigências que acabei cancelando o contrato. O eletricista veio aqui em casa para consertar uma lâmpada fosforescente que não acendia e me disse que precisava trocar TODA a fiação da casa. Paguei 10 reais e o eletricista do bairro consertou na hora. Desejo que vc tenha mis sorte e que não precise NUNCA dos serviços da seguradora. Vc não é neurótico. Acho que quem faz qualquer mini reforma fica estressado. Não há outro modo de encarar a bagunça. O bom é qdo acaba. O incrível é que a gente sempre procura alguma coisinha para acrescentar ou consertar . Faço ist há muitos e muitos anos. Abrs. Maria Inês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Inês, acho que o seguro, assim como todas prestações de serviços e compras de produtos, podem dar problema. Não tenho medo de enfrentá-los, caso seja necessário e justo, numa demanda judicial. Agora, de fato, quero NUNCA precisar deles! rs... Abraços!

      Excluir
  3. Oi, achei o seu blog o máximo, principalmente pelo banheiro, ficou mara... adorei, me diz aí? A madeira tá aguentando?
    Tô te seguindo, e depois vc passa lá em casa!
    http://oterceirosonho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alê, que bom que gostou! Volte sempre. Vou dar uma espiada lá! bjs!

      Excluir