18 de ago de 2011

BALANÇO GERAL: Semana 1 - demolição

A cada semana pretendo escrever um balanço do ocorrido. No post pretendo contar o que aconteceu, relatar problemas e o que aprendi nesse período. Vamos lá:

Na semana 1, que teve início no dia 10/08 e acabou ontem, o forte foi a quebradeira. Valentinos ao chão!

Demolição é sempre beeem complicado né? Mas correu tudo bem. O principal é proteger tudo o que se pode proteger. Eu cobri tudo com sacos de lixo e utilizei muita fita adesiva pra isso. Usei os armários da cozinha que vão embora pra guardar alguns objetos e os móveis eu atolei nos quartos e cobri para a poeira não penetrar. E uma ideia legal que encontrei foi de isolar as portas dos quartos para que a poeira não entre pelas frestas.

Das coisas que aprendi:

:: Muito cuidado na hora de alugar caçambas. Empresas honestas são cadastradas na prefeitura e têm espaço específico e registrado para jogar os entulhos. Caso contrário, se forem multadas, você pode responder solidariamente. Desconfie daquelas que cobram abaixo de 100 reais. Sim, não é nada barato alugar uma caçamba, principalmente as legais!

:: Outro cuidado com a caçamba: sempre é bom ter um lugar para depositar os entulhos antes de efetivamente colocar na caçamba estacionada na rua. Motivo: vizinhos folgados aparecem de todos os cantos e compartilham, na maior cara dura, os entulhos deles com os seus... Separando os entulhos previamente você agenda um dia para a caçamba chegar e, rapidamente, abarrota a dita cuja por que se não a vizinhança se apossa dela... É, vai entender o ser humano...

:: Antes da demolição eu distribui entre os vizinhos um pano de chão para cada um colocar em frente da sua porta, pois a poeira do transporte de entulhos poderia invadir o apartamento alheio. Acho essa uma dica interessante, pois, mais uma vez, denota uma preocupação com o espaço do outro e, embora não resolva os problemas de uma reforma em condomínios, explicita algumas intenções e minimiza outras...

:: Não se iluda, os vizinhos sempre reclamam, mesmo aqueles que apoiam incondicionalmente a sua reforma. O barulho é muito cansativo e constante, não tem como negar que vai atrapalhar. E outra, a combinação “vizinho reforma apartamento + eu não posso reformar o meu” sempre dá um resultado explosivo.

:: Por fim, combinar com os pedreiros a limpeza diária (mesmo que superficial) é meio caminho andado.

Valor:

Caçamba: $$

Um comentário:

  1. Como eu moro em casa, essa parte da combinação explosiva não sofro. Mas a caçamba tem toda razão. Ótima dica!

    ResponderExcluir