7 de ago de 2011

Enfiando a viola no saco

Já estou instalado em outro apartamento, enquanto aguardo a reforma. Minha vontade era estar lá, do lado de tudo, das minhas coisas, de todos os detalhes que quero para o meu "novo" apartamento, mas eu sei que estar lá siginifica ter que conviver com muita poeira, bagunça e... enfim: não tenho estrutura para isso... não nessa encadernação...
Amanhã chegam os revestimentos. Sr. Antonio já enviou os sacos para o entulho e o material para proteger o meu piso. Por enquanto tudo correndo bem. Seguem algumas fotos da bagunça:

Em cima: os nichos protegidos (eles viraram armário temporariamente e guardam panelas), poucas partes dos armários da cozinha que ficarão para uma ideia que tenho para o quartinho de empregada. Embaixo: As malas e a pequena mudança para o novo apto.

Lembram quando falei do Valentino? Pois bem, nas vésperas d'eu dizer definitivamente adeus pra ele, resolvi voltar nessa conversa. Algumas pessoas quando leram o post me enviaram e-mail (poderiam ter comentado por aqui!) dizendo que na casa deles tem isso, que na casa da avó também, que no escritório onde trabalham é assim... Ok, ok, Leandro, as coisas podem não ser o que parecem...



Uma rápida pesquisa na Internet me diz que Valentino é uma marca de azulejo bem famosa e de boa qualidade. Tá, pode ser até charmoso ter um Valentino em casa...
Portanto "o que é de gosto é regalo da vida" (minha mãe repete isso aos quatro ventos). Se você gosta do Valentino e se tem com ele uma relação de afeto que remete à sua infância, ao conforto do lar de seus pais (não é Marina? - rs): ame-o. Agora se não gosta do azulejo do seu banheiro, morre de vontade de colocá-lo abaixo e aquela assinatura, mesmo cara, é só um argumento que você encontrou para dizer que odeia aquele revestimento: deixe-o! É com a segunda opção que eu fico...
Volto ainda essa semana pra mostrar algumas fotos da demolição (se tudo correr como o esperado) e pra dizer um pouco sobre as ideias que tenho para a dependência completa de empregada.

PS: Não há nada mais pedante que dizer "dependência completa de empregada" e o pior, dizer DCE. Na minha esfera de vida DCE é Diretório Central de Estudantes, ok?

Valeu Marina pela foto do azulejo vermelho VINHO!! Valeu pessoal que mandou e-mail!!!

13 comentários:

  1. Leiandro... vou te dar de presente um ferro de passar roupa mais moderninho...kkk Seu ferro tem tudo haver com o valentino! rs

    ResponderExcluir
  2. Gabi, tinha outro moderno, com 4 estações diferentes de vapor. Sandroca recusou e me fez comprar esse. É mais caro, inclusive... rs... bjos!

    ResponderExcluir
  3. Engraçado... Também reparei no ferro e pensei: Nada a ver! rsrsrsr

    ResponderExcluir
  4. Adorei ver a foto do "meu" Valentino no seu blog! Por falar nisso, é vinho e não vermelho! hehehe Cor de infância! Um beijo e boa sorte! E paciência... Muita paciência!
    Marina

    ResponderExcluir
  5. Gente, é um Black & Decker básico, retrô, vintage... rs... Sandroca é apegada...

    Marina, valeu pela correção: é VINHO. Valeu também pelos desejos de sorte e paciência, vou ter que ter muito, imagino...

    ResponderExcluir
  6. Não troco esse modelo vintage da Black e Decker por esses levinhos de vapor de jeito nenhum!
    =D

    ResponderExcluir
  7. Oi Leandro, te achei lá no blog da Lilly. Gostei muito do seu blog, principalmente porque estamos vivendo no mesmo caos. Comecei uma pequena reforma essa semana. Á princípio duraria 15 dias mas hoje (é só o segundo dia) já tivemos contratempos e vi que vai levar pelo menos 20. Não tenho como sair e ir pra outro lugar como vc, mesmo porque a minha reforma vai ser mais rápida que a sua. Mas por aqui tá tudo revirado, tô tentando relaxar e visualizar o resultado final pra não me estressar. Boa sorte e tudo de bom pra vc. Abraços

    ResponderExcluir
  8. Pessoa, estava pensando aqui, acho que te devo um ferro mesmo, afinal acabei com o meu vestido e com seu ferro quando fui aí né...rs

    ResponderExcluir
  9. Adriana, sofremos, mas no fundo gostamos... rs... Bem vinda!

    Gabi, troca o ferro de passar roupa por qualquer outra coisa, kkkkk, Sandra não aceitaria outro... Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro, acho melhor você dirigir essa pergunta a você mesmo? Você valoriza esses azulejos? Tenho uma amiga que encontrou algumas peças em "cemitérios de azulejos" para repor as que estavam danificadas no banheiro do apartamento antigo que ela comprou. Isso porque ela ama o ar retrô que os azulejos trazem para a residência. Tudo é questão de gosto e estilo. Eu não gostava dos meus, por isso troquei e isso pra mim foi valioso! Talvez se fossem outros azulejos antigos eu teria deixado, não sei... Se você gosta dos seus, será valioso mantê-los! Abração!

      Excluir